sábado, 16 de agosto de 2014

Mensagem anteriorPróxima mensagemVoltar para as mensagens

Enc: Polemica Entrevista com o padre Paulo Henrique de Igaporã.‏  fonte

Em Sábado, 16 de Agosto de 2014 12:27, jose ribeiro lopes ribeiro lopes <jribeiro17@yahoo.com.br> escreveu:


Data: 16/08/2014

O sacerdote natural de Guanambi mas naturalizado Igaporaense pela vontade do povo da terra, tratou sem nenhuma hesitação de temas delicados como evangelização, política, homossexualismo e pedofilia dentre outros.

Programando um ciclo de entrevistas com personalidades de Igaporã (Padre, Presidente da Câmara, Prefeita, etc) e cidades circunvizinhas o Site www.igafolia.com.br (Igaporanoticias), Portal de eventos e notícias de Igaporã-BA e região, realiza Entrevista Exclusiva com o Padre Paulo Henrique. Veja:

Raio x
Pe. Paulo Henrique Neves de Souza
Naturalidade: Brasileiro, baiano, nascido na cidade de Guanambi.
Idade: 29 anos
Formação: Ano: 2003 (Propedêutico em Caetité); 2004 – 2006 – Filosofia no ISTA – Instituto Santo Tomás de Aquino em BH; 2007 – 2010 – Teologia na PUC de Belo Horizonte, onde conclui o seminário.
Ordem Religiosa: Padre Diocesano 
 

01-Igaporã Notícias: O povo católico de Igaporã, tem demonstrado grande respeito e admiração pelo seu trabalho. Alguns que nunca ou pouco frequentaram uma missa se tornaram assíduos, outros que estavam afastados retornaram, o terço dos homens apresenta grande frequência, todas as celebrações estão repletas; fala-se até mesmo no retorno de alguns evangélicos. O fato é que nenhum Sacerdote na cidade alcançou tanta unanimidade. Qual a razão do seu êxito pastoral, qual o balanço que o senhor faz de um ano de sacerdócio na cidade?
O povo de Igaporã sempre foi um povo religioso. Nossa Igreja Matriz tem 143 anos e nossa Paróquia, 52 anos. Contudo, Igaporã sofreu ao longo de anos com a falta de padres, entrada e saída de padres diferentes. Isso dificultou um trabalho que deveria ser feito na perspectiva da continuidade. O que está sendo feito na Paróquia de Igaporã, não é mérito do Padre Paulo, mas do Espírito Santo. O povo tem sede da Palavra de Deus, ama a Jesus e quer professar essa fé na Igreja fundada pelo Mestre. Eu sou padre a dois anos e meio. Contudo, tem apenas 10 meses que assumi como pároco a Paróquia de Igaporã. De fato, o balanço é positivo. O retorno dos católicos afastados é uma graça de Deus. O nascimento e renascimento das comunidades rurais, pastorais e movimentos também é algo muito positivo. Mas o trabalho está apenas começando. A muito por se fazer. O êxito do trabalho pastoral é ser humilde, amar o que se está fazendo e aprender a acolher bem as pessoas.

02-Igaporã Noticias: Além do oficio de sacerdote, o Sr ocupa o seu tempo livre de que forma, Pratica algum esporte, tem algum hobbie, a vida de padre é solitária?
Além de ser Pároco em Igaporã, sou o responsável pela PASCOM (Pastoral da Comunicação da Diocese de Caetité); estou também como diretor da Rádio Educadora Santana de Caetité, além de dar aulas no curso intensivo de teologia para leigos que acontece a cada dois meses em Caetité. E uma vez por mês dou aulas para os seminaristas propedeutas. O Padre tem uma vida intensa de atividades. Gosto de fazer atividade física, sempre que posso faço uma caminhada. Entretanto, por conta da correria, nem sempre isso é possível. Quanto à solidão, de vez em quando ela aparece. Mas a gente a manda embora com a oração, uma boa leitura e o apoio dos amigos.

03-Igaporã Noticias: Após a reforma da Igreja matriz e da casa paroquial, qual a próxima atividade ou evento a exemplo do show do Pe Alessandro, que o Sr. Pretende empreender.
A Paróquia de Igaporã é uma Paróquia com estruturas antigas, que a muito tempo não se faziam reformas. Realizamos a reforma da Igreja Matriz e agora estamos com a reforma da casa paroquial. Todos esses são empreendimentos grandiosos, pois se gasta muito mais reformando uma coisa antiga que construindo algo novo. Os projetos são inúmeros. Ainda necessitamos de muitas coisas na Paróquia. Mas estou convicto de que, algumas vamos adquirir no decorrer do tempo. Já me chamam de “padre pidão!” Tento explicar que não estou pedindo pra mim, pois todos esses bens são patrimônios do povo de Igaporã, que ficarão aí para sempre. 

04-Igaporã Noticias: Na TV aberta proliferam canais de conteúdo religioso das igrejas ditas pentecostais ou neopentecostais com uma profusão de milagres apresentados por pastores; uma igreja de resultados e também muito focada no dizimo, qual a sua opinião a respeito?
Minha opinião, com base no Evangelho de Jesus é de que não se faz evangelização com sensacionalismo. Os milagres que Jesus realizou foi para demonstrar o poder da fé, resgatando a vida e a dignidade de muitos que, por conta das doenças, eram excluídos pela sociedade. O próprio Jesus pedia para que os curados “não dissessem nada a ninguém” sobre sua cura. Isto para dizer que a verdadeira fé está para além de uma cura física. Sobre o dízimo, sabemos que ele é bíblico e muito importante, pois é um gesto de partilha, uma forma de agradecer a Deus por tudo que Ele nos deu. Contudo, na Igreja Católica, temos consciência de que não devemos explorar as pessoas. Cada um é livre e devolve a Deus de acordo com o que manda o seu coração. 

05-Igaporã Noticias: Em tempos de modernidade e liberalização, como lidar com questões polêmicas que afetam a igreja: casamento dos sacerdotes e celebração de missas por mulheres. Há alguma perspectiva de que a Igreja adote uma postura diferente com o novo Papa Francisco? 
É do conhecimento de todos que o Papa Francisco está fazendo a diferença na Igreja e no mundo. Ele nos surpreende com os seus gestos e palavras e usa do diálogo para tratar dos temas polêmicos. O casamento dos sacerdotes é algo discutido pela Igreja, mas por enquanto a decisão que se tem é pelo celibato. Eu penso que, no contexto em que vivemos, com as demandas que assumimos, não teria condições nenhuma de um padre constituir uma família. Uma família requer atenção, cuidados e o padre seria falho nesse sentido. Se tornaria até um contra testemunho para a sua comunidade. Com relação à ordenação de mulheres, sabemos que elas já ocupam um lugar de destaque na Igreja. Boa parte de nossas Pastorais e Movimentos são coordenados por mulheres. Entretanto, vejo que a Igreja ainda precisa avançar um pouco mais nesse sentido. 

06-Igaporã Noticias: O papa Francisco demonstrou um certo acolhimento quanto aos homossexuais na igreja e indignação no que se refere a pedofilia, qual a sua visão como Sacerdote, acerca desses temas? 
Se queremos anunciar Jesus, nossa atitude deve ser a Dele: sempre acolher as pessoas. Jesus acolhia aos pecadores, apesar de não ser conivente com os seus pecados. Em entrevista saindo do Brasil, após a Jornada Mundial da Juventude, o Papa Francisco, falando sobre os homossexuais, dizia que não teria capacidade de julgá-los ou recrimina-los. “Só Deus pode julgar.” De fato, por trás de um homossexual, existe uma pessoa que muitas vezes provém de uma história sofrida em vários sentidos. A psicologia explica de várias maneiras a questão da homossexualidade. Precisamos acolher tais pessoas como irmãos e ajuda-los a fazer as escolhas certas da vida, para que não tenham a sua dignidade ferida. Quanto à pedofilia, é clara a posição da Igreja, em comunhão com o Papa: quem a pratica deve ser julgado e punido por esse ato. 

07-Igaporã Noticias: Há hoje no país um profundo descrédito com os políticos tradicionais e na nossa cidade também existe um certo desencanto com os grupos políticos predominantes, por conta disso até já saíram comentários que o Sr seria imbatível caso fosse candidato a prefeito. Aqui próximo os prefeitos de Serra do Ramalho e de Santa Maria da Vitoria são padres. O Sr. Já pensou nessa possibilidade? 
Eu nasci para ser padre e amo a vocação que Deus me deu. Não tenho vocação para ser político. Entretanto, segundo a filosofia grega, o ser humano é um “animal político” ou seja, temos necessidade de nos envolver nas decisões que afetam nosso município e nosso país. Ser cristão é também ser político, lutar pela justiça e promover a fraternidade. Infelizmente, ainda não entendemos o verdadeiro sentido da política. O que se vê muitas vezes é a politicagem, jogo de interesses pessoais que dificultam o diálogo e impedem as pessoas de pensar um pouco mais sobre as reais motivações da política. Ser político é saber que se tem uma responsabilidade para com o povo que é o povo de Deus. O verdadeiro político é aquele que faz o bem, independente de quem votou nele. Precisamos amadurecer e muito em nossas decisões políticas. 

08- Igaporã Noticias: Em tempos de modernidade e internet, o senhor participa das redes sociais, como vê a utilização desse meio para evangelizar?
Eu participo sim das redes sociais e acho importantíssimo evangelizar por elas, sobretudo se quisermos alcançar a juventude. Como falei na pergunta inicial, sou o coordenador diocesano da PASCOM (Pastoral da Comunicação). Recentemente participei de um Congresso em Aparecida – SP que tratou justamente sobre a evangelização através dos meios de comunicação. A Igreja não pode deixar de utilizar desses meios. Às vezes uma mensagem, ou uma palavra amiga podem curar e salvar a vida de uma pessoa. 

09- Igaporã Noticias: Por fim, qual a sua expectativa de público para o show do padre Alessandro, ainda tem ingressos 
A expectativa é grande para o show do Pe Alessandro. Entretanto, a venda dos ingressos do primeiro lote não foi satisfatória. Desejo que o povo de Igaporã e de toda a nossa região faça o possível para participarem desse show. Será uma oportunidade única. Entendo que os valores dos ingressos estão altos, mas temos as despesas do show para pagar e o benefício que esperamos ter para continuarmos a reforma da nossa casa paroquial. Portanto, contamos com o apoio e a colaboração de todos. 

Mensagem final do Padre Paulo Henrique: Agradeço muito a Deus a oportunidade que Ele está me dando de dar minha colaboração à Paróquia de Igaporã. Trabalhamos em conjunto e com possibilidades. Devemos sonhar alto, sabendo que Deus está conosco e que os resultados são promissores. O que peço a Deus é a perseverança para todos nós. O padre não trabalha só, mas precisa do apoio da comunidade para levar a evangelização adiante. Lembremos que tudo que fazemos pela Igreja deve ter o seu fundamento em Jesus, que é a razão da nossa fé. Agradeço ao grupo do Igaporã Notícias por tornar público algumas ideias que estão no coração do Pe. Paulo Henrique. E desejo convidar a todos para a festa de Nossa Senhora do Livramento, que acontecerá de 30 de agosto a 08 de setembro. Que Deus nos abençoe.

Fonte: ASCOM

EDUARDO AVISOU, SERÁ?

Outlook.com Exibição Ativa
Vídeo de campanha de Eduardo e Marina que seria veículado no inicio do guia eleitoral
Imagens da internet
00:01:48
Adicionado em 15/08/2014
24.321 exibições
Responda a este post respondendo acima desta linha

Nova publicação em Jornal O Expresso


Eduardo: avisa ao Sarney, Renan e Collor que no meu governo serão oposição

 
 A peça de propaganda que seria a abertura da campanha de Eduardo Campos e Marina Silva, neste vídeo, mostra a vontade do candidato de não conviver com as raposas felpudas do Congresso. Isso reforça a teoria de conspiração no acidente que vitimou o ex-governador de Pernambuco. Afinal, os assassinatos de Paulo César Farias, amante e esposa, e a enormidade dos crimes descritos no livro “Honoráveis Bandidos”, além da sequencia de escândalos financeiros do atual presidente do Senado, não podem de ser indicações fortes de que qualquer ação estaria ao alcance ético dos três senadores.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

MORRE EDUARDO CAMPOS.

EDUARDO CAMPOS MORREU NO MESMO DIA DO AVÔ MIGUEL ARRAES

O candidato a presidente do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morreu na manhã desta quarta-feira (13) após a queda do jato particular em que viajava em um bairro residencial em Santos, no litoral paulista. Campos tinha 49 anos e morreu no mesmo dia que seu avô, Miguel Arraes, que também foi governador de Pernambuco. Arraes morreu de infecção generalizada em 13 de agosto de 2005. 

Miguel Arraes de Alencar, de 88 anos, nasceu em Araripe, no Ceará. Filho de pequenos agricultores, estudou direito no Rio de Janeiro, mas concluiu o curso no Recife. Começou a carreira política em 1947, como secretário da Fazenda de Pernambuco. Três anos depois, foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Democrático. 

Assumiu novamente a secretaria da Fazenda em 1959 e, no mesmo ano, venceu as eleições para a prefeitura do Recife. Miguel Arraes chegou ao governo de Pernambuco em 1962, com o apoio do partido comunista brasileiro. Ele foi responsável, por exemplo, pelo acordo do campo, uma negociação entre os cortadores de cana de açúcar e os usineiros, que criou um salário acima do mínimo para os trabalhadores rurais. Em 1964, Arraes foi cassado e preso pelos militares e se exilou na Argélia. 
Só voltou ao Brasil em 1979 com a lei da anistia. Em 1982, foi eleito deputado federal. Quatro anos depois, governador de Pernambuco, pela segunda vez. Em 1990, deixou o PMDB e criou o Partido Socialista Brasileiro. De 1994 a 1998 governou o estado de Pernambuco, pela terceira vez.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

MAIS UM RENAGADO DO PT.

HOMEM BOMBA: "SE EU FALAR NÃO VAI TER ELEIÇÃO"


A revista Veja desta semana, na coluna Radar, assinada por Lauro Jardim traz uma nota que faz tremer o mundo político. Diz o seguinte: " Paulo Roberto Costa está nervoso, muito nervoso. De volta à prisão no Paraná desde junho, Costa é tratado com rigor. Tem usado regularmente algemas, mesmo dentro do presídio, de acordo com relato de pessoas próximas. Seu estado mental está perto do derretimento. E já avisou a um interlocutor: "Se eu falar não vai ter eleição".Paulo Roberto Costa era Diretor de Abastecimento da Petrobras quando foi preso na Operação Lava-Jato da Polícia Federal, ele teria 23 milhões de dólares depositados na Suíça.
Se ele contar o que sabe um terremoto  atingiria vários partidos indiscriminadamente. Sua família o visita todas as quartas-feiras, e sua mulher, Marici, já defende a delação premiada. O que os que temem suas revelações poderiam dar em troca para calá-lo se ele resolver explodir com tudo?  E porque não fala? tem medo de quem?

quarta-feira, 30 de julho de 2014

QUE FALTA FAZ VOCE MANO.



Um vazio, uma vida, uma historia, uma esperança, uma angustia, varias lembranças, uma dor doida sem diagnósticos a vista, lagrimas por ver sofrendo quem a gente tanto ama, causos infinitos de um varão, aprendizado natural da existência única de um ser verdadeiro, amigo dos amigos, bom filho, bom pai, bom vovô,  referencia social de uma família nativa de uma região fantástica da nossa terra. O peito dói, lagrimas ameaças a surgir de uma forma única que aparece dando a vazão do alivio na represa angustiante que sustenta o não querer, saber, o motivo que desencadeou tudo isto, sem perguntar os momentos vividos com a sua presença  se podia ou não da um ponto final  no elo que alimentava a força e sustentava a vida enquanto tinha a necessária magia de sua forma de viver.
Antônio Queiroz de Souza, ou simplesmente Capacete, faleceu hoje 30/07/2014 as 06:30hs da manhã no hospital em Brasília e estamos pedindo ao pai maior que conforte um pouco mais a sua familia; que tenha um pouco de paciência em lhe favorecer a eternidade da tão generosa vida que lhe deu.

Chorei por não ter sapatos de marca, mas vi um homem agradecendo a Deus mesmo sem ter pés. 
Queixo-me por Deus não ter me dado olhos azuis, mas vi um cego dando graças a Deus pela luz que ilumina um novo dia. 
Fico com raiva quando caminho e me canso, mas vejo muitos cadeirantes felizes nas suas cadeiras de rodas. 
Tenho preguiça de me levantar da cama, enquanto existem pessoas lutando para sair de uma cama de hospital. 
Parei para refletir e vi que devemos agradecer por cada coisa que temos seja ela nos momentos maus ou bons. Porque existem pessoas passando por dificuldades maiores na vida.. 
Reflita e faça a sua conclusão.

terça-feira, 29 de julho de 2014

JOVENS MORREM AFOGAD0S.

SERRA DO RAMALHO NO OESTE DA BAHIA: MARINHA RESGATA CORPO DA QUINTA VÍTIMA DE AFOGAMENTO NO RIO SÃO FRANCISCO

A Marinha do Brasil retomou as buscas pelos corpos dos jovens desaparecidos no rio São Francisco na manhã desta terça-feira, 29. Segundo a polícia, o corpo da quinta vítima, Dieison Andrade Silva, 16 anos, foi encontrado a um quilômetro de distância do local do afogamento. Ainda está desaparecido Rogério Pereira Machado, 15 anos.
 O seis jovens se afogaram na tarde de domingo, 27, na zona rural do município de Serra do Ramalho, a cerca de 440 quilômetros de Salvador.
De acordo com informações da polícia, o grupo estava acampado no local para um retiro religioso que aconteceu durante o final de semana. Ao todo, cerca de 20 jovens estavam presentes no evento, no povoado de Passos. Todas as vítimas do afogamento moravam na Agrovila 20, em Serra do Ramalho.
As buscas começaram ainda no domingo por equipes da Marinha, Polícia Civil, Polícia Militar e da Guarda Municipal, além de pescadores da região. Os corpos de César Augusto Souza Prado, 20 anos, e José Eudes Barbosa da Silva, 15, foram localizados no mesmo dia.
Na segunda , 28, foram encontrados os corpos dos irmãos Ramon de Castro Lima, 15 anos, e Derilto de Castro Lima, 20.
Acidente: Ainda de acordo com a polícia, os jovens estavam brincando na beira do rio quando a bola caiu na água por volta das 12h. Um dos jovens entrou no rio para pegar o objeto e acabou sendo puxado pela correnteza.
Sem saber nadar, outros jovens entraram na água para tentar resgatar o garoto. Um homem que estava no grupo ainda conseguiu resgatar a filha e outros jovens da água, mas seis acabaram se afogando.

Correio da Bahia

segunda-feira, 28 de julho de 2014

SÃO FRANCISCO FAZ 04 VITIMAS.

Seis jovem morrem afogados no Rio São Francisco

afogados-ok
Três jovens morreram na manhã deste domingo (27), após se afogarem no rio São Francisco, próximo a cidade de Serra do Ramalho, localizada à 830 quilômetros de Salvador. Quatro pessoas ainda estão desaparecidas. A primeira vítima foi identificada como Rogério de Pereira Machado de 16 anos.
As vítimas são da cidade de Santa Maria da Vitória e estavam acampadas na beira do rio, quando perceberam que um dos jovens estavam se afogando. Na tentativa de salvá-lo, outro jovem, que não teve a identidade divulgada, também se afogou. Equipes do SAMU efetuam buscas no local com o apoio de populares.Aguardam novas noticias.
 

UM EMPRENDIMENTO SOCIAL. CORIBE-BA.

               
   O prefeito do Município de Coribe-Ba. Manoel Rocha, vem mostrando a nossa região o que deve fazer um gestor Municipal, exercendo a sua cidadania como politico nos últimos meses vem dando uma aula social construindo espaços de lazer nos povoados ao longo de seu município. o exemplo é o investimento que fez nas margens do Rio Formoso próximo a cidade de Jaborandi, e colonia do formoso, outros municípios precisa retomar as sua obras costumeiras que não esta acontecendo no governos atuais. Este balneário que é um paraisoaos fins de samanas,vem dar qualidade de vida no lazer para a região que sempre visita esta localidade parabéns ao Manoel que continua mostrando aos demais que é possível sim, fazer beneficios com o erário publico. este blog coloca a sua disposição sempre que beneficiar nossa gente. 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

ONU diverge sobre sucesso do Bolsa Família no longo prazo


Apesar de ser citado como exemplo de sucesso no combate à pobreza extrema, o programa Bolsa Família é motivo de discordância entre os elaboradores do Relatório de Desenvolvimento Humano e o escritório das Nações Unidas no Brasil. Enquanto os estrangeiros veem deficiências no longo prazo, os funcionários que atuam em Brasília afirmam que o desenho do programa foi muito bem desenvolvido.


O Relatório de Desenvolvimento Humano é o documento anual que faz uma série de análises quantitativas de qualitativas e mensura o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A versão final do documento elogia o programa de transferência de renda brasileiro, mas enxerga no programa uma boa solução de curto prazo.
“Além disso (resultados de curto prazo), não muito pode ser feito além de alívio emergencial e apesar de ser bem desenhado, não é o melhor (programa) no longo prazo”, afirma um trecho do relatório. “Tais programas precisam ser desenhados de modo a assegurar que essas capacidades – especialmente aquelas da próxima geração – sejam protegidas.”
“Da nossa perspectiva, do escritório brasileiro, o programa Bolsa Família está muito bem desenhado e precisa e está sendo complementado por outras iniciativas, por exemplo, as de formação profissional do Pronatec, o programa de moradia Minha Casa, Minha Vida, o programa de produção agroecológica, como o bolsa verde… Então, nós temos uma discrepância com os nossos colegas do Relatório de Desenvolvimento Humano”, afirmou o coordenador do Sistema ONU no Brasil, Jorge Chediek.  Para o representante das Nações Unidas no País, o fim da dependência do programa por uma família pode durar um ciclo de erações. Ele alega que, em muitos casos, o capital social ainda é muito baixo, como, por exemplo, o nível de educação.Apesar do tom mais crítico do relatório, a ONU reconhece que ações como o Bolsa Família têm um custo orçamentário relativamente baixo para a dimensão do impacto social.   
                 O programa, um dos carros-chefe dos governos do PT no Brasil, é citado como aquele “que custa 0,3% do PIB (Produto Interno Bruto – soma de todas as riquezas produzidas no País) em 2008-2009 e atingiu de 20% a 25% da redução da desigualdade”.

sábado, 19 de julho de 2014

QUE FALTA FAZ VOCE MANO.



Um vazio, uma vida, uma historia, uma esperança, uma angustia, varias lembranças, uma dor doida sem diagnósticos a vista, lagrimas por ver sofrendo quem a gente tanto ama, causos infinitos de um varão, aprendizado natural da existência única de um ser verdadeiro, amigo dos amigos, bom filho, bom pai, bom vovô,  referencia social de uma família nativa de uma região fantástica da nossa terra. O peito dói, lagrimas ameaças a surgir de uma forma única que aparece dando a vazão do alivio na represa angustiante que sustenta o não querer, saber, o motivo que desencadeou tudo isto, sem perguntar os momentos vividos com a sua presença  se podia ou não da um ponto final  no elo que alimentava a força e sustentava a vida enquanto tinha a necessária magia de sua forma de viver.
Antônio Queiroz de Souza, ou simplesmente Capacete, encontra em estado grave no hospital em Brasília e estamos pedindo ao pai maior que de a ele um pouco mais de sua vida; que tenha um pouco de paciência em lhe favorecer alguns anos a mais diante da tão generosa vida que lhe deu.

Chorei por não ter sapatos de marca, mas vi um homem agradecendo a Deus mesmo sem ter pés. 
Queixo-me por Deus não ter me dado olhos azuis, mas vi um cego dando graças a Deus pela luz que ilumina um novo dia. 
Fico com raiva quando caminho e me canso, mas vejo muitos cadeirantes felizes nas suas cadeiras de rodas. 
Tenho preguiça de me levantar da cama, enquanto existem pessoas lutando para sair de uma cama de hospital. 
Parei para refletir e vi que devemos agradecer por cada coisa que temos seja ela nos momentos maus ou bons. Porque existem pessoas passando por dificuldades maiores na vida.. 
Reflita e faça a sua conclusão.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

EM SÃO MANOEL - DISTRITO DE CORRENTINA-BA


Atenção vaqueiros da região vocês não podem deixar de participar da brilhante vaquejada que será realizada nos dias 01,02, e 03  de Agosto de 2014, no povoado de São Manoel distrito de Correntina. na organização e comando do o cap. Getúlio, que fará de tudo para que você e sua família sinta se em casa.

sábado, 5 de julho de 2014

EX-GOVERNADOR, ARRUDA LIDERA AS PESQUISAS.

BRASÍLIA CONVIVE COM RISCO DE ELEGER O INELEGÍVEL


A disputa pelo governo da Capital da República flerta com o imponderável. Condenado em primeira instância por improbidade administrativa, o ex-governador José Roberto Arruda virou candidato do PR escorado numa decisão liminar (provisória) do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Porém, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, a caminho da aposentadoria, cassou a liminar, destravando o processo que pode resultar no enquadramento de Arruda na Lei da Ficha Limpa. O que o tornaria inelegível. Tomada na quinta-feira, a decisão de Barbosa veio à luz nesta sexta (4).

Mas Arruda não se deu por achado. Numa evidência de que não tem a menor intenção de se retirar da disputa, o ex-governador anunciou nesta mesma sexta o nome do seu candidato a vice: o ex-deputado federal Jofran Frejat, também do PR. Por mal dos pecados, Arruda lidera todas as pesquisas. Ou seja: a maioria do eleitorado do Distrito Federal não parece se importar com a hipótese de eleger um candidato que, no meio do caminho, pode se tornar um ficha suja de papel passado. (Blog do Josias)