sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

PRE- CANDIDATOS AO CARGO DE PREFEITO DE SANTA MARIA DA VITORIA-BA.




CONHEÇA OS PRÓXIMOS REAPRESENTANTES DE NOSSA CIDADE .

Todos estes cidadãos são postulantes ao cargo de prefeito de Santa Maria da Vitoria-BA, em 2016 pelos partidos políticos que representam, alguns já são conhecido no cenário politico e outros menos,o fato é que diante da descredibilidade dos políticos em geral será como eles estão avilando a situação da cidade e Município no momento, e sempre bom lembrar que o povo tem o poder nas mãos de escolher e eleger o melhor porem, pode também escolher o pior diante do cenário que lhes apresenta para a solução de nosso cidade, santa maria tem o melhor desempenho sociocultural da região, mas não tem tirado proveito dessa situação para usar em seu beneficio, e certo também que economicamente os Município vizinhos a exemplo de Jaborandi, onde tem a melhor saúde no momento e Correntina, São Dezidero e outros que cerca o Município estão bem mais equilibrado financeiramente do que o nosso, a pergunta é : será que estes postulantes sabe como esta a situação do município no momento, a cidade um caos total buracos, UPA fechado, sem médicos, sem remédios. pagamentos atrasados e o interior sem estrada sem nenhuma fomentação para á agricultura tudo e todas no relento, ainda vão dizer que é a solução?. vamos esperar, as eleições se aproxima. boa sorte para todos eles que são  muito corajosos.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

O homem da Vida.

O homem mais velho do mundo reconhecido pelo Guinness Book, o livro dos recordes, é Yasutaro Koide, de 112 anos. Mas o posto do japonês pode estar com os dias contados. Do outro lado do mundo, mais especificamente na região norte do Brasil, vive o ex-seringueiro José Coelho de Souza, que teria 131 anos.
O cearense, natural de Meruoca, mora atualmente no Acre, na comunidade Estirão do Alcântara, na cidade de Sena Madureira. Não bastasse a idade avançada, outra curiosidade: ele foi pai pela última vez aos 101 anos.
Com três filhos, de 40, 37 e 30 anos, e 5 netos, José mora com sua mulher 69 anos mais nova e uma neta de 16 anos, Nayara de Oliveira Sousa. “A história dele é muito sofrida. Ele morava no interior do Ceará e com 11 anos perdeu os pais e ficou órfão. Começou a trabalhar cedo, criou os irmãos e veio para o Acre com 28 anos, para trabalhar na extração de borracha”, conta a neta.
Seringueiro aposentado, o centenário teve que comprovar que ainda estava vivo para continuar recebendo o benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Aposentados com idade acima de 90 anos recebem uma visita em domicílio de agentes do órgão, para comprovar que o beneficiário ainda vive, assegurando o recebimento da aposentadoria.
Quando foi feita a visita do INSS à casa de Souza, ele teria 129 anos, mas foi somente após dois anos que o gerente da agência central do INSS em Rio Branco, Kennedy Afonso, deu destaque ao caso, publicando a história em sua página pessoal no Facebook.
“Semana passada, fiz um atendimento corriqueiro em uma APS, uma renovação de procuração. Seria corriqueira se não fosse um detalhe: o titular do benefício nasceu em 10/03/1884. Isso mesmo, 131 anos, 10 meses e 1 dia, ou 48.153 dias de vida. No primeiro momento não acreditei, mas depois meu colega Alexandre Santana mostrou fotos de quando da ação realizada para o seu reconhecimento, feito juntamente com o Poder Judiciário”, declara o servidor em sua publicação, juntamente com registro dos documentos e fotos ao lado do aposentado.
Segundo a certidão de nascimento, Souza nasceu em 10 de março de 1884, e completa 132 anos daqui a dois meses. A neta afirma que o avô nunca teve vícios. Nunca fumou e apenas ingeriu bebidas alcoólicas quando mais novo. Quanto a lucidez, Souza nem sempre reconhece a família e não escuta muito bem. “A rotina dele é normal. Ele come três vezes por dia, arroz, carne, peixe, verduras”.
Ainda segundo Nayara, mesmo com a idade avançada, ele é relativamente saudável e não toma nenhum tipo de medicação. “Há seis anos ele teve um AVC, por isso, não anda mais.  Já teve problema de pressão arterial, mas não toma mais remédio, a pressão dele é de criança!” comemora.

sábado, 9 de janeiro de 2016

É MUITO SIMPLES ASSIM.


Curtir as ferias tem um sabor de liberdade, ainda que longe de alguns familiares e perto de outros que passam muito tempo longe de nos. Rio das Éguas Correntina Bahia faça uma visita você vai gostar.

sábado, 26 de dezembro de 2015


Uma quadrilha de 15 bandidos assalta fazenda no Oeste baiano

Assaltante-Mascarado-06.02.12
Quinze homens fortemente armados assaltaram a Fazenda Celeiro, em Jaborandi, nesta madrugada. Eles chegaram num caminhão truck, com uma caçamba agrícola de cor azul e fizeram uma feira de produtos agrícolas, além de levar a Amarok branca placa OMV-6526, de Luziânia, Goiás. Ninguém se feriu entre os funcionários da empresa, subjugados pelas armas.
Veja a relação dos produtos agrícolas roubados:
 -  Premio : 160 lts
- Avatar : 280 lts
- Priorixtra : 3.558 lts
- Fox : 3.380 lts
- Polo 500 Sc : 1.102 lts
- Elatus WG : 510 kgs
- Aprouch prima : 190 lts
- Talstar 100 : 1.092 lts
- Marshal 400 SC : 2.920 lts
- Tiger 100 EC : 588 lts

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

ESTUDO APONTA PRECEDENTES EM CRISE HÍDRICA NO OESTE BAIANO

O Oeste da Bahia vive hoje a mesma situação que viveu há 53 anos: períodos prolongados sem chuva e baixa vazão dos rios que banham a região. A constatação é feita pelo diretor de Águas e Irrigação da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Cisino Lopes, com base em dados atuais e em um estudo realizado pela Superintendência do Vale do São Francisco (Suvale), antecessora da Codevasf, em 1962.
De acordo com o estudo da Suvale, entres os meses de outubro e dezembro de 1962, foi registrado o índice pluviométrico de 157,8 milímetros. Se considerado o mesmo período em 2015, choveu, até o momento, 147 milímetros. 

Cisino também consultou a vazão do Rio Grande no período de 1934 a 1972, encontrando o registro de uma vazão média de 126m3/seg. Neste período, a menor vazão foi no mês de setembro do ano de 1965, alcançando 67,8m3/seg. Atualmente, segundo dados da Agência Nacional de Águas (ANA), a última vazão registrada do Rio Grande, trecho de Barreiras, em agosto, encontra-se em 51,6mm.

A falta de chuva no Cerrado interfere também no volume de outros rios que banham o país, uma vez que é neste bioma que estão os principais afluentes que abastecem o Rio São Francisco, por exemplo. Para se ter uma ideia, a vazão média do Rio Grande para o Rio São Francisco, de 1934 a 1972, era de 203mm no mês de agosto. Em 2015, considerando-se o mesmo mês, a vazão foi de 184,6mm.
“A chuva é essencial para recarregar o aquífero e outros rios que banham o Brasil. Se não tem chuva, não tem reposição de água. Logo, a diminuição da vazão dos rios mais tem a ver com a falta de chuva do que com o uso para irrigação”, disse Cisino, lembrando que o estudo da Suvale foi realizado em uma época em que não existia o agronegócio na região. “Os produtores sabem a importância da preservação de matas ciliares, reservas legais e APPs. Eles se preocupam com a quantidade e com a qualidade da água dos rios”, concluiu.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015


Santa Maria da Vitória receberá “Caravana do Detran”

O projeto que tem duração de uma semana em cada cidade contemplada tem como objetivo realizar ações de fiscalização, controle, acompanhamento das rotinas administrativas e levantamento das necessidades, tanto na estrutura física quanto na questão da capacitação e atualização dos funcionários.
A caravana realizará em cada ponto de atendimento orientações quanto a tramitação correta de documentos; procedimentos na vistoria de veículos; processamento e encaminhamento de multas; orientações quanto a emissão e controle do Certificado de Registro Veicular (CRV) e do Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV); orientações para registro, licenciamento e 1° emplacamento de veículos, fiscalização de processos relacionados a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) como 1° habilitação, renovação, adição ou mudança de categoria; fiscalização dos Centros de Formação de Condutores (CFC´s); instrução para concessão de férias para os funcionários e um curso de aperfeiçoamento para os funcionários que trabalham com o público no intuito de buscar a excelência no atendimento, e com isso maior satisfação dos usuários, além de ações de educação para o trânsito com blitz educativas em diversos pontos da cidade.
Santa Maria da Vitória será a próxima cidade contemplada com o projeto “CARAVANA DO DETRAN”, a cidade que fica a 989 km de Salvador, receberá a comitiva do órgão que é composta por 20 funcionários das áreas de Habilitação, Veículo, Multa, Fiscalização, Educação, Vistoria e Exame Veicular que se deslocaram para atender a população e os funcionários da 17 ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), os municípios vizinhos de Bom Jesus da Lapa, Santana, Paratinga e São Felix do Coribé além dos Sac´s das cidades também serão beneficiados com as ações da equipe.
O projeto que tem duração de uma semana em cada cidade contemplada tem como objetivo realizar ações de fiscalização, controle, acompanhamento das rotinas administrativas e levantamento das necessidades, tanto na estrutura física quanto na questão da capacitação e atualização dos funcionários.
A caravana realizará em cada ponto de atendimento orientações quanto a tramitação correta de documentos; procedimentos na vistoria de veículos; processamento e encaminhamento de multas; orientações quanto a emissão e controle do Certificado de Registro Veicular (CRV) e do Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV); orientações para registro, licenciamento e 1° emplacamento de veículos, fiscalização de processos relacionados a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) como 1° habilitação, renovação, adição ou mudança de categoria; fiscalização dos Centros de Formação de Condutores (CFC´s); instrução para concessão de férias para os funcionários e um curso de aperfeiçoamento para os funcionários que trabalham com o público no intuito de buscar a excelência no atendimento, e com isso maior satisfação dos usuários, além de ações de educação para o trânsito com blitz educativas em diversos pontos da cidade.
FONTE :
Ascom Detran

Comentário José Amando Dias 

Senhores Auditores do Detran,
A população de Santa Maria da Vitória -BA, espera que seja feita uma grande inspeção na emissão de CNH – Carteira Nacional de Habilitação em nossa cidade pois existe cidadãos que são totalmente analfabetos e estão dirigindo com habilitação em nossa cidade, colocando em risco a vida dele e de outras pessoas. E solicitamos a este órgão para orientarem seus responsáveis não usarem a instituição como meio de promoção política, tornando assim um grande PALANQUE ELEITORAL… E que o estado abra concurso público a fim de que qualquer cidadão venha ocupar os cargos existentes em todo o DETRAN na Bahia, que este órgão seja de todos e não da minoria de um GRUPO POLÍTICO. Pois de acordo a nossa CONSTITUIÇÃO FEDERAL todos somos iguais.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Novo golpe militar?

Série Visão fanática do mundo  Publicado por Luiz Flávio Gomes - Jusbrasil.

97
Novo golpe militar
Há um grupo de fanáticos acampado em Brasília que defende o impeachment da presidente (ou presidenta, conforme a Lei 2.749/56) assim como a imediata intervenção militar. Fanático “não é quem tem uma crença (teológica, ideológica ou outra qualquer) e a sustente com fervor, coisa perfeitamente admissível porque tampouco o ceticismo ou a tibieza são obrigatórios. O fanático é quem considera que sua crença não é simplesmente um direito seu, senão uma obrigação para ele e para todos os demais. O fanático é o que está convencido de que seu dever é obrigar a todas as outras pessoas a crer naquilo que ele crê ou a comportar-se como se acreditassem nisso”.[1]
O fanático, como se vê, não se limita a pensar de uma maneira e a expressar seu pensamento: vai além. Entra na esfera alheia e pratica atos tendentes a impor o seu ponto de vista, a sua visão do mundo. O fanático se torna pernicioso e censurável, em suma, quando pratica o fanatismo, que pode chegar ao terrorismo (os recentes ataques islâmicos, em Paris, evidenciam bem esse terror, decorrente do fanatismo).
O fanatismo golpista não passa de um populismo ultraconservador de direita (que ainda nem sequer foi devidamente testado nas urnas). De qualquer modo, seu objetivo principal (um golpe que conduziria a uma nova ditadura militar) é totalmente inconstitucional. Revela falta de repertório constitucional. Não há espaço para o fanatismo (prática de atos fanáticos) nas sociedades democráticas onde reina o Estado de Direito.
Novo golpe militar
Toda manifestação ou reunião (enquanto desarmada) é constitucionalmente permitida. Eu mesmo até concordo com a necessidade impostergável de renúncia da presidente/a. Mas nada mais além da manifestação do pensamento pode ser feito pelos fanáticos no sentido de um golpe militar, que é aberrante. Desde a proclamação da República (1889) nós já vivemos 41 anos sob o regime militar (1889-1894; 1930-1945; 1964-1985). Essa página está virada. As maiores melhorias para a população (estabilidade da moeda, programas sociais etc.) aconteceram nas últimas décadas democráticas (veja Trajetória das desigualdades, org. Arretche), embora tenham sido também sob o império da corrupção.
Nossas Forças Armadas (pelo que estão manifestando seus próceres menos emotivos) já evoluíram o suficiente para adotarem a democracia que foi conquistada até aqui (precária e preponderantemente eleitoral, mas já foi um grande progresso). Recordemos: a democracia é o pior regime político que existe, com exceção de todos os demais (Churchill).
Se a situação social do País se agravar (é uma tendência cada vez mais evidente) virá o Estado de Defesa e, em último caso, o Estado de Sítio. Ambos caracterizam um estado de exceção (com suspensão dos direitos e garantias fundamentais). É nessa hora, sobretudo, que dependemos das Forças Armadas para a preservação da democracia (frente aos fanáticos). Esse é seu papel constitucional civilizado (leia-se: seu papel não fanatizado).
Novo golpe militar
Dois dos manifestantes pró-regime militar foram presos no dia 18/11/15, por estarem armados (nosso direito constitucional de reunião veda a utilização de arma de fogo) e terem efetuado disparos para o alto durante um ato público legítimo promovido pelas mulheres negras (com o apoio da CUT e da UNE, que são entidades pró-governo). Pelo menos dez pessoas necessitaram de atendimento médico, incluindo um deputado. Aqui já se nota o fanatismo. Que o fanático seja um fanático é direito seu. O que jamais se pode tolerar é o fanatismo (atos que afetam direitos de terceiros, atos que danifiquem terceiros).
O que o fanatismo revela? Intolerância, decorrente de uma visão fanática do mundo, que não suporta o outro, o diferente, o distinto, o integrante de outra raça, de outro partido, de outras crenças, de outra tribo, de outro time etc. A intolerância do fanatismo (que quer impor sua visão de mundo, contra a Constituição) não é tolerável pelo Estado de Direito democrático.
Há muitas visões fanáticas do mundo (visão euro-fanática do mundo, visão islâmico-fanática do mundo, visão neocolonialista-fanática do mundo etc.). Dentre delas destaca-se a visão populista-fanática do mundo, onde se encaixam o “golpismo”, os atos ilícitos dos grupos ultrarradicais (de direita ou de esquerda), das ditaduras “democráticas” (de esquerda, como o chavismo, ou de direita), dos populismos (de esquerda, como o lulopetista, ou de direita, como o de Berlusconi na Itália) etc.
As visões fanáticas do mundo possuem algumas características em comum[2]. A principal, desde logo, é a seguinte: elas partem da premissa ilusória da existência de um mundo sem fissuras, sem divergências, sem diversidades, sem antagonismos; acreditam num mundo homogêneo, unitário (que nunca aconteceu em lugar nenhum, porque toda relação de domínio e de poder sempre encontra resistência – Foucault).
Novo golpe militar
Uma das fortes razões pelas quais o mundo nunca deixou de estar em guerra ou em luta (os ataques islâmicos contra Paris, no dia 13/11/15, são apenas um sinal disso; diga-se a mesma coisa do ataque islamofóbico de 22/7/11, em Oslo, Noruega) reside justamente nessa visão fanática do mundo que, pelo que estamos vendo na Europa e nos EUA (por exemplo), tende a crescer e até mesmo incendiar o planeta daqui para frente, especialmente enquanto persistirem as (localizadas e globalizadas) crises econômicas, moral, sociais e políticas. Quanto mais insatisfação popular, sobretudo com a classe política chafurdada na barafunda e descrédito gerados pela corrupção, mais o terreno se torna fértil para todos os fanatismos radicais, fundamentalistas e populistas: todos são destrutivos do mundo.
[1] SAVATER, Fernando. Voltaire contra los fanáticos. Buenos Aires: 2015, p. 8.
Cf. ZANATTA, Loris. El populismo. Tradução: Federico Villegas. Buenos Aires: Katz Editores, 2014, p. 7 e ss

domingo, 8 de novembro de 2015

Correntina se levanta contra grandes projetos agrícolas no Município

corren 1
A população de Correntina fez uma grande manifestação, na manhã de hoje, pela preservação dos rios e mananciais do Município e do aquífero Urucuia. Pelas mensagens que recebemos na redação, oposição e situação política do Município estão unidas no movimento ambiental. Um manifesto, em forma de decreto, foi enviado às autoridades do Estado e da Federação, divulgando os ideais preservacionistas no Município como forma de enfrentar o desmatamento de grandes áreas e a retirada de água para irrigação no lençol freático profundo, rios e córregos.
corren 4
Veja o manifesto:
Decreto do Povo Correntino
O povo correntino, no uso dos direito garantidos na Constituição da República Federativa do Brasil, em especial o parágrafo único do seu art. 1º, e,
CONSEIDERANDO que as ações atrópicas têm influenciado em muito para o processo de aquecimento global, dentre os quais se destacam os desmatamentos;
CONSIDERANDO que o Cerrado é o sistema biogeográfico mais antigo da América do Sul e que se encontra em seu clímax evolutivo;
CONSIDERANDO a magnitude dos mega empreendimentos que ora estão chegando para os municípios do Oeste baiano, em especial Correntina, notadamente: Mizote; Desvio do Rio Guará; Sudotex; Agro Brasil (holandeses) e Universo Verde (chineses);
CONSIDERANDO que a vazão dos rios do Oeste, em especial o Rio das Éguas, caiu drasticamente nos últimos anos, sem perspectivas de retorno às vazões anteriores;
CONSIDERANDO os modelos de irrigação adotados nos gerais, especialmente o pivô central, que são capazes de gastos intrigantes;
CONSIDERANDO que no Oeste chegam 120 grandes carretas de veneno mensalmente para ser derramadas em nossos rios;
CONSIDERANDO que as gerações de agora e do porvir têm direito a um ambiente saudável e equilibrado;
CONSIDERANDO que o meio ambiente é direito difuso, podendo qualquer pessoa lutar por ele,

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

AINDA EXISTE VIDA , FANTÁSTICO,,

Juiz visita buraco onde homem vive há 25 anos para decidir sobre ação

Irmã entrou na Justiça pedindo pensão e interdição judicial dele, em Goiás.
Situação 'peculiar' e capacidade do homem intrigam magistrado: 'Fantástico'.

Sílvio TúlioDo G1 GO
Juiz visita buraco onde homem vive há 25 anos para decidir sobre ação em Goiás (Foto: Divulgação/TJ-GO)Antônio mostra buraco onde vive para magistrado, em Nova Roma (Foto: Aline Caetano/TJ-GO)
De dentro do buraco que ele mesmo cavou e onde vive há 25 anos, Antônio Francisco Calado, 57, teve um dia diferente na última terça-feira (27). Acostumado a ficar sempre sozinho, ele recebeu a visita do juiz Everton Pereira Santos. O magistrado foi até a "casa", construída em uma pequena e inóspita propriedade rural de Nova Roma, no norte de Goiás, para inspecionar a situação e se posicionar a respeito de dois processos de pensão por morte dos pais e um de interdição judicial envolvendo o homem.
Tudo começou quando a irmã e curadora de Antônio, Raimunda Tereza Calado, entrou na Justiça para provar que ele era incapaz e poderia ter acesso ao benefício.  Uma audiência até foi marcada, mas Antônio não compareceu. Diante da situação, o magistrado, responsável pela comarca de Iaciara, percorreu 50 km de carro e mais 1 km a pé para checar, com seus próprios olhos, as condições do "homem do buraco", como é conhecido.
Santos diz que ficou intrigado com o que encontrou. "Olha, é uma situação muito peculiar, indescritível. Ao mesmo tempo em que ele aparenta ter muita inteligência para usar técnicas na construção do buraco e manusear ferramentas, demonstra aparentes delírios, dizendo que conversa com os raios e trovões", disse ao G1.
É uma situação muito peculiar, indescritível. Ao mesmo tempo que aparenta inteligência, demonstra aparentes delírios"
Everton Pereira Santos, juiz
Em perícia já realizada, Antônio foi diagnosticado com esquizofrenia paranoide perturbação mental grave caracterizada pela perda de contato com a realidade, alucinações e crenças falsas.
Diante dos documentos e da inspeção ao local, o juiz deliberou pelas duas pensões - relacionadas às mortes do pai, em 2000, e da mãe, 12 anos depois - cada uma no valor de um salário mínimo. A decisão também contempla o período retroativo, que resulta em um valor aproximado de R$ 70 mil.
Engenharia 'fantástica'
Segundo o magistrado, Antônio não fala "coisa com coisa" e não consegue estabelecer uma linha de raciocínio clara e linear. Apesar disso, mostra lampejos, principalmente relacionados à construção, que fazem Santos acreditar até em coisa de outro mundo.
Juiz visita buraco onde homem vive há 25 anos para decidir sobre ação em Goiás (Foto: Divulgação/TJ-GO)Antônio mostra entrada da caverna com um facão
(Foto: Aline Caetano/TJ-GO)
"Ele criou um sistema para que a água da chuva não entre no buraco e ele poder utilizá-la depois. É fantástico. Quem ensinou isso para ele? Tenho a impressão que ele tem contato com outro ser. Ele se inspira em alguém, é muito estranho", diz.
A residência de Antônio também impressionou o juiz. A construção, em formato oval e com aproximadamente 8 m², tem os cômodos divididos e só é possível chegar a pé. Ao entrar, existe a sala. De um dos lados, um oratório com duas imagens de santos e do outro oquarto, onde ele dorme sobre um pedaço de madeira com panos velhos.
O homem cozinha do lado de fora com utensílios sujos e rudimentares. A comida é tudo que ele encontra na natureza: pequi, pimenta e outras verduras cultivadas no local. Antônio não come carne.
Juiz visita buraco onde homem vive há 25 anos para decidir sobre ação em Goiás (Foto: Divulgação/TJ-GO)Juiz ficou impressionado com a situação do homem: 'Fantástico' (Foto: Aline Caetano/TJ-GO)
Nada de banho
A irmã afirmou ao juiz que já tentou tirar o homem do local várias vezes, mas ele nunca aceitou a ideia. "Ele é muito arredio. A irmã falou que para manter uma convivência com ele é preciso três coisas: não pedir para ele tomar banho e trocar de roupa, além do mais importante, não pedir que ele saia de lá", explica.
Como Antônio é incapaz, a irmã é quem vai administrar os benefícios. Segundo o juiz, ela será monitorada para fazer bom uso do recurso.
"Já pedi ao MP que acompanhe o gasto do dinheiro. Recomendei ainda que, mesmo a contragosto dele, sejam feitas melhorias no local, como a construção de um barraco e a utilização de água tratada", exemplifica.
Juiz visita buraco onde homem vive há 25 anos para decidir sobre ação em Goiás (Foto: Divulgação/TJ-GO)Sentença concedeu pensões por morte para o homem (Foto: Aline Caetano/TJ-GO)

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

givas

POLICIAIS CIVIS DA 11ª E 26ª COORPIN PRENDEM FORAGIDO DE ALTA PERICULOSIDADE NO POVOADO DE SÃO MANOEL EM CORRENTINA.

          No último  dia 25/09/2015 durante operação conjunta  da 26ª Coorpin Santa Maria da Vitoria e 11ª Coorpin Barreiras com o apoio do Depin/Draco, após mais de 35 horas de campana e monitoramento fora preso o indivíduo acusado de participar de vários  assaltos a banco um homem identificado como Gilvan de Castro Ramos, por força de mandado de prisão definitiva pela Vara de Execuções Penais de Brasilia DF, onde o mesmo tem varias condenações criminais que somam mais de 46 anos de prisão por roubo a banco, sequestro, formação de quadrilha e outros delitos, sendo que o mesmo que já ficou preso por quinze anos no presidio da Papuda, de onde fugiu e também fora  preso no Estado de Goias e Minas Gerais por roubos diversos, sendo especialista em roubo a banco. Sendo  localizado no Povoado de São Manoel  município de Correntina/BA, onde provavelmente  estava articulando outros roubos na região.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

UMA REALIDADE CRUEL..

Formosa do Rio Preto: Abandono e descaso é a realidade da BA 225

Publicada em 22/10/2015 às 07:56 - 284 Acessos
rodovia
Da redação JornalNF | Fotos divulgação
A principal via de escoamento da produção agrícola do município de Formosa do Rio Preto, Oeste da Bahia, rodovia que liga a sede do município a região de Coaceral, está abandona causando prejuízos financeiros com a quebra de peças, mais tempo na estrada, aumento de frete, além do risco de acidentes e assaltos.
rodovia1
Os 78 KM da BA 225, trazem transtornos causados pelos buracos, fazendo muitas das vezes com que os motoristas utilizem desvios pelo cerrado, o que deve se agravar com a proximidade do período chuvoso. A rodovia é fundamental para a economia do município por dar acesso à região produtiva e de expansão do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), tão alardeada e cantada em quatro versos pelos governos federal e estadual.
rodovia2
Segundo o engenheiro agrônomo Dorival de Oliveira Junior, são mais de 200 mil hectares de áreas produzindo commodities agrícolas, que apesar de ajudar na balança comercial do estado, estão relegadas a própria sorte.
rodovia3
Os moradores e os produtores da região, cansados de arcar com os prejuízos criaram uma petição pública e convocam toda a sociedade a assiná-la. Para participar desse movimento os interessados devem acessarhttps://secure.avaaz.org/po/petition/Governo_do_Estado_da_Bahia_Recuperacao_rodovia_BA225_trecho_BR135_a_Coaceral/?launch. Essa petição será encaminhada para os mais diversos órgãos do governo estadual cobrando a conclusão do tapa buracos e aplicação de capa selante para dar maior durabilidade à pista – serviço previsto e prometido desde 2010.
rodovia4
 Caso o governo continue virando as costas para a região, os produtores prometem tomar atitudes mais drásticas.